quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Preciso...

Eu preciso manter meus pensamentos afastados de coisas impossíveis.
Aprender a ser eu só e não me importar tanto em estar perto de pessoas que nem sequer notam que eu existo; nem sequer sabem o que eu sinto por elas e mesmo sabendo não estando nem aí para o fato.
Preciso ser mais eu; apreciar a mim mesmo porque a minha companhia é suficientemente reconfortante.
Preciso mudar meu hábitos e focar minhas necessidades em coisas realmente válidas; coisas que possam ser lembradas como momentos que valeram a pena; momentos de felicidade e não de angústia.
Preciso aproveitar melhor o meu tempo, não colocando-o em função do tempo dos outros. Ajustar meus ponteiros na direção horária, mesmo que não seja em horário de verão - saberei que mesmo estando uma hora atrás dos outros, o tempo também chegará para mim.
Preciso tanto...
Preciso apenas...
Quem não precisa de qualquer coisa que seja, afinal?
Pensar assim me faz sentir menos solitário.
Sei que por aí tem alguém que precisa tanto ou mais do que eu...
Sigamos precisando então...
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?