segunda-feira, 21 de maio de 2012

o tempo provou pra mim que:


a vida se tornou tão dura.
talvez  desde muito antes, quando caçávamos primitivamente, ela venha, de modo gradativo, desenvolvendo esse processo. insistem em dizer que muito mudou, que com o girar do mundo, da roda, dos ciclos da própria vida, às coisas se aperfeiçoaram e já não há como fazer tais analogias. aquilo não esta para isto...? CLARO QUE SIM. hoje a vida é menos complicada, da perspectiva do que se passou. mas como a complicação sempre haverá de existir, ela apenas tomou outras formas. o fazer do fogo se tornou mais prático, a roda, o telefone, a internet. complicações que antes estavam focadas em coisas tão objetivas, hoje se volveram para coisas subjetivas. é a complicação de cada um, do seu eu, pessoal, do introspecto. já não temos a dificuldade de preparar o jantar, quando os benefícios da época, em que vivemos, nos permite colocar um congelado no microondas ou abrir um enlatado, no entanto, apesar disso tudo, sentimos dificuldade em nos relacionar com ás pessoas, de mostrarmos que somos capazes de vencer, sermos auto-suficientes...
e é assim que seguimos: complicando.
as soluções?
elas existem. estão em nós. assim como o latente hábito de questionar, buscar soluções. e, se alguns conseguem enxergar dessa forma, porque outros não? por que é mais fácil olhar pro lado e imaginar como seria estar no lugar do outro? pessoas comuns sofrem de problemas comuns, pessoas incomuns também.
não sabemos o que se passa na casa do vizinho e nem por isso podemos nos sentir tão inferiores a ponto de invejá-los. ninguém está imunizado da complicação, todos estão a mercê dessa palavrinha tão simples que pode ser dita casualmente no nosso cotidiano.
a complicação está em fazer uma reflexão inteira em cima da própria complicação.
eu sou um complicador e não vejo isso como demérito. as pessoas que se questionam são menos divertidas, porém, talvez, mais observadoras, conhecedoras do mundo. é tão mais bonito ver alguém simples, embora não mais interessante de se conhecer, cabe a cada um escolher como ser. 
escolher como viver nessa vida mais complicada a cada dia.
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?