domingo, 3 de julho de 2011

Roteiro da vida

Impressionante como a vida tem altos e baixos.
Assim como na música, na cores, nos gostos, a vida passa por diversos estágios. Como timbres, tons, intensidades. Desse modo, posso dizer que a minha está quase sempre adquirindo novas formas e que, por mais que eu ache ela bem pardinha, na verdade é muito agitada e cheia de reviravoltas.
Muitas vezes achamos um exagero o que vemos nas séries, filmes, novelas. Achamos tudo aquilo meio ficcional e nada real, até exagerado, elevado às últimas potências, mas no fundo, volta e meia percebemos que estamos vivendo nossa própria trama e que somos os mocinhos, sofredores, persistentes; os coadjuvantes que roubam as cenas; ou até os vilões, incompreendidos, mas com suas próprias razões - somente entendidas por nós mesmos.
Não sei dizer se sou mocinho, coadjuvante ou vilão.
Acredito que todo mundo tenha um pouco de todos.
Como já disse, a vida tem altos e baixos.
Uma hora protagonizamos uma cena, outra somos só mais um no set; ou então estamos lá sendo os carrascos irritantes e indesejáveis.
Só posso dizer que estou tentando fazer o melhor.
E parece está dando certo.
Tudo, pelo menos por hora está entrando nos trilhos.
Perfeitamente ajustado com o roteiro que eu mesmo estou fazendo questão de escrever.
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?