sábado, 9 de outubro de 2010

Meu conto de terror. (real)

Dia desses, eu estava tranqüilo aqui no meu quarto tentando resolver algum exercício chato, o que não é nada muito interessante de se postar aqui no blog.

Já eram umas 11 da noite e todos na minha casa estavam dormindo, exceto eu.

De repente ouvi um barulho de chuva. Bem. Parecia ser chuva realmente (eu tinha certeza), especialmente porque estava fazendo um calor infernal e nem preciso dizer onde moro pra que vc tire suas proprias conclusões


É só ler no post do dia dos Nordestinos.
        
Eram uns 30° em plena noite, enquanto eu derretia no meu quarto alegre pela chuva que caia lá fora.
        
Então, comecei a comentar no msn com as pessoas da minha cidade sobre a chuva e decidi perguntar a uma que mora no outro lado da cidade se estava chovendo lá.
        
Então ela disse que não.
        
E eu não achei estranho, afinal, ela mora tão longe do meu bairro que a resposta fazia sentido.
        
Feliz como pinto no lixo, eu perguntei a outras pessoas que moram mais próximas a mim e elas disseram que não estava chovendo também.
        I
ntrigado, eu abri a janela até constatar que não estava chovendo mesmo, mas poxa, de onde podia estar vindo aquele barulho de chuva, eu pensei.

        
Não demorou muito até que eu percebesse que ele vinha do muro, porque haviam ligado à torneira da lavanderia.

Imaginem o que eu pensei?

Que era um ladrão, um assassino, serial killer, maníaco...
Lógico!

Mas pensando bem, agora, porque qualquer um desses anunciariam de uma forma tão alta que estavam chegando?

Bom, eu acordei todo mundo e na casa inteira se instalou aquele clima de terror que só se ver em filmes (também de terror).

Eu já estava quase ligando pra polícia quando meu primo falou que tinha faltado água e que esqueceu a torneira ligada lá fora.

Resumindo, eu me assustei por nada.
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?