domingo, 1 de julho de 2012

minha prova de amor

a diferença entre ser feliz e estar ao seu lado inexiste.


"eu  queria que você sumisse, evaporasse, morresse!" mentira!
quando digo: eu não te amo mais. também estou mentindo e quando digo que você não me faz bem, estou sendo mais hipócrita ainda. com você, sem você, sou duas pessoas. respectivamente: radiante e infeliz. vivendo entre a dependência da sua existência. porque, se algum dia você deixar de existir, com certeza, como um resultado que muda o outro, eu também deixarei (de existir).


do que valeria viver uma vida sem o seu sorriso, ou as suas birras, ou a  história de nós dois?
eu pensei: jamais amarei alguém assim como amei outra lá... eu errei. havia você, ainda. capaz de me provar que qualquer outra forma de amor é  pequena perto do que você me faz sentir. você é especial, eu disse. e você respondeu: eu sou  uma pessoa idiota! e eu retruquei:  que tipo de idiota faz alguém se apaixonar assim, sendo capaz de abrir mãe de todo seu orgulho apenas pra te ver feliz?

[...] minha prova de amor...
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?