quarta-feira, 4 de julho de 2012

virar pó

o fim de tudo se manifesta quando nem esperamos.


pois é, parece que o teto inteiro está  desabando sobre a minha cabeça e eu não tenho nem a capacidade de reagir, nem mesmo uma reação de desespero ou choro. nem um grito, apenas apatia e medo.


queria sumir, virar pó, tão fino, que no primeiro sopro, voaria pra bem longe.


acho que resolveria, acho...
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?