quinta-feira, 19 de julho de 2012

talvez...

talvez o amor seja limitado como uma escala de zero a cem.

não suporta tudo, atura, tolera, banca, resiste, aguenta.

tudo bem. amor, na maioria dos casos sobrevive, carrega cruzes e sucumbe a aceitação. ora, amor é amor. diriam aqueles que discordam. nada mais resistente aos obstáculos que ele, o amor. talvez divino, talvez eterno, talvez lúdico, talvez tudo, talvez forte? talvez. talvez doença? talvez... ah, a dúvida. talvez amor seja algo bom. né? talvez. talvez capaz de tudo, contra todos? talvez. quem sabe? mas vale a pena? amor? amar?

sofrer, sinônimo de amor?

errado eu? amargo eu? sofrido eu?

talvez, talvez não.

talvez exista outra faceta de amor, cuja minha existência desconheça? ah, a dúvida. talvez. talvez.

talvez do amor eu só conheça muitos “talvezes”

certezas? desconheço.

errado eu? amargo eu? sofrido eu?

resta apenas pra mim, conhecer o seu lado bom. talvez, quem sabe?
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?