sábado, 23 de fevereiro de 2013

insanos


[...] talvez eu seja o meu maior oponente nesse jogo chamado amor [...] a minha inspiração se resume em apenas uma palavra: você [...] amar sem esperar nada em troca nunca foi uma tarefa fácil, amar sabendo que nunca terá nada em troca é menos fácil ainda. amor próprio? obrigado por me fazer tentar ser mais eu, mas, talvez, um dia, você sinta falta da minha versão idiota [...] talvez não seja assim tão bom ter alguém que te de tanto carinho e amor, porque parece que esse tipo de gente sempre fica em último lugar na sua escala de atenção [...] parece que o meu cérebro parou de funcionar no dia que  te conheci [...] eu preferia ser um conjunto vazio, do que cheio de motivos pra tentar torná-lo assim [...] os motivos foram muitos, mas o meu amor parece ter superado qualquer obstaculo que me impedisse de desistir [...] parece que respirar e ter você são essenciais para a minha sobrevivência [...] eu morri por um bom tempo, mas ter te encontrado me fez voltar a vida [...] ver você feliz também me faz feliz, desde que eu seja o motivo de tal felicidade [...] hoje eu entendo que ser egoísta não é um defeito totalmente ruim, porque parece que eu não sei dividir o seu tempo com mais ninguém  além de mim [...] eu odeio deixar o meu orgulho de lado, mas se isso significa ter você mais pra mim, eu abro mão dele e de qualquer outro que impeça [...] não gosto do segundo lugar, mas tenho que admitir que gosto muito mais de você [...] eu sei que um dia vou aprender a não abrir mão de mim pra te dar o topo do pódio.
...

pensamentos insanos que povoam a minha mente, quando me apaixono.
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?