terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Criança foda!

Acordo e pela primeira vez em  meses não me rendo ao vício. Tenho coisas a fazer, por isso, deixo um pouco de lado a internet e vou cumprir a missão do dia antes que a inércia gere repercussões, como se eu ainda fosse uma criança de... bem, criança é criança em qualquer idade, não há como diferenciar. Não existem rótulos que separem os comportamentos, como aqueles frasquinhos de farmácia, todos bem organizadinhos metódicamente. Enfim, como se eu fosse uma criança, apenas. Criança de 1,80 de altura, de opinião própria e cabeça feita - não pela de alguém, sim pela minha. Há quem duvide. Pra esses eu mando um beijo de agradecimento: "Um beijo, seus lindos!" Criança que toma atitudes que crianças não tomariam, que paga pra ver, dá a cara a tapa. Que não sente vergonha de dizer que ler coisas banais, ver programas supérfluos e músicas que não estão na moda, sob pena de ser bombardeado de críticas da sociedade "intelectual". E que mesmo assim, com toda essa empáfia, é visto como um tolo infantil, incapaz de sobreviver nesse mundo de cão.

Aqui vai um recadinho pra quem acha que ser criança é sinônimo de fraqueza: foda-se! Acho que agora eu deveria levar uma palmada na  boca, enfim, é muito feio criança que xinga. Não é mesmo?
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?