sábado, 19 de março de 2011

tentando escrever no teclado grudento

ás vezes meto os pés pelas mãos e me atrapalho todo. Sempre tem alguem assim, né? Que fala demais tentando ajudar e no fim, sempre acaba fazendo merda? É difícil acreditar que sou o único, nesse lugar chamado planeta terra, que faz tais barbaridades, mas um dia encontrarei um sujeito que faça mais ou pelo menos mais burradas do que eu [...] mais do mesmo que costumo fazer e até aí nada disso é novidade.

ontem encontrei Leticia, uma velha amiga que aprendi a admirar, mas pouco conversei com ela. Vale apena pontuar essa passagem do dia. e AAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH. [estou gritando na minha tentativa de escrever um novo post pro blog]

[...]
esse post continua quando eu for pro PC do meu quarto. Fizeram o favor de derramar café super açucarado nesse teclado e junto disso, deixaram de herança teclas super grudentas e travadas. Parece que pago pela língua, como quando falei mal hoje do teclado do computador da biblioteca. Tive logo uma sensação de déjà vu quando comecei a digitar nessa merda.

ponto, até já!
Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?