sábado, 23 de janeiro de 2010

Cultivando o amor...


        Hoje é um novo dia e com ele novas reflexões e pensamentos que turbinam nossas pequenas cabeças...
       Quando acordei como todos os dias, continuei deitado esperando o sono passar e me veio uma questão simples... Mais humana impossível! Porque o amor acaba?






        Comecei a pensar coisas bonitas, mas o que realmente faz o amor entre casais acabar é a falta da libido, da timidez, da vergonha... Quando mais o tempo passa, mais as pessoas passam a se conhecer, vão criando intimidade e não demora muito um da um pum fedido na frente do outro capaz de devastar uma nação inteira e assim começa a lenta jornada da morte do amor. Quando as pessoas amam, nunca conseguem imaginar que o ser amado é humano como ela, que usa o banheiro, vomita e uma hora ou outra esquece de passar desodorante... A rotina que permeia a vida de um casal é o principal fator pra esse triste fato se concretize, quando se acorda é impossível evitar o bafinho matinal, então, influenciados pelas novelas brasileiras, onde os casais se beijam ardentemente ao acordar, as pessoas normais inocentemente fazem o mesmo e vêem que a realidade é bem diferente...RS


        Então, se queres que seu amor dure pra sempre, continue, tímido (a), não se acha no direito de comer cebola, sardinha e em seguida beijar ou falar perto de quem ama, não solte pum nem que para isso você tenha que enfiar uma rolha, quando acordar escove os dentes diretamente antes de qualquer beijo, não fumo, pois o cheiro é terrível e espanta até muriçoca, uso pós de chulé, pois ninguém é obrigado a sentir esse odor terrível e coma coisas que façam bem ao seu intestino, porque a descarga leva a parte concreta, mas o fedor fica e invade toda a casa.... RS


CULTIVE SEU AMOR(esse texto é mais pra recém casados)


PS. Enquanto a roncar, não sei como se pode evitar... busque tratamento médico.


Enviar para o Twitter

0 comentários:

Você é o visitante n°

Copia e cola no teu site ou blog...

Parceiros?